Dose de reforço da vacina contra a COVID-19

O que são reforços da vacina contra a COVID-19?

Uma dose de reforço é uma dose de uma vacina dada a alguém que já tenha tomado uma série primária de uma vacina. As doses de reforço das vacinas são recomendadas quando a proteção da série primária diminuir com o decorrer do tempo. Isso é normal; existem diversas vacinas que precisam de doses de reforço.

As pesquisas demonstram que as doses de reforço aumentam a proteção contra doença e hospitalização relacionadas à COVID-19. Para mais informações, veja Relatórios semanais do CDC sobre morbidade e mortalidade.

Para a melhor proteção contra a COVID-19, fique em dia com as suas vacinas contra a COVID-19. Isso inclui tomar uma dose de reforço, se for elegível.

Quem deve tomar uma dose de reforço? 

Todas as pessoas com 5 anos ou mais que já tenham tomado uma série primária da vacina contra a COVID-19 devem tomar uma dose de reforço da vacina contra a doença.

Algumas pessoas devem receber duas doses de reforço. Pessoas com 50 anos ou mais e pessoas com 12 anos ou mais que tenham sistemas imunitários comprometidos de forma moderada a grave, devem receber uma segunda dose de reforço pelo menos quatro meses após a primeira.   

Quando é que posso receber uma dose de reforço?

Cronograma de vacinação contra a COVID-19

As recomendações quanto às vacinas contra a COVID-19 são diferentes, dependendo da sua idade, estado de saúde e quando você foi vacinado primeiro. Se tiver alguma dúvida relativamente ao seu esquema de vacinação, fale com um prestador de cuidados de saúde.

Em geral, se você tomou a série primária da Pfizer ou da Moderna, você pode tomar uma dose de reforço da vacina contra a COVID-19, no mínimo, cinco meses após ter concluído a sua série primária.

Se você tomou a série primária da Johnson & Johnson, você pode tomar uma dose de reforço da vacina contra a COVID-19, no mínimo, dois meses após a sua vacinação primária contra a COVID-19.

Pessoas com 50 anos ou mais e pessoas com 12 anos ou mais que tenham sistemas imunitários comprometidos de forma moderada a grave, devem receber uma segunda dose de reforço pelo menos quatro meses após a primeira.

As pessoas com 18 anos ou mais que obtiveram a Johnson & Johnson para a sua primeira dose de reforço da vacina contra a COVID-19 e Johnson & Johnson para a sua primeira dose de reforço podem optar por obter uma segunda dose de reforço da vacina de mRNA contra a COVID-19 (Pfizer ou Moderna), pelo menos quatro meses após a primeira dose de reforço.

Cronograma de vacinação contra a COVID-19 para pessoas com sistemas imunológicos, de moderadamente a gravemente, comprometidos

Existe um cronograma diferente de vacinação contra a COVID-19 se você tiver um sistema imunológico que seja de moderadamente a gravemente comprometido (ex: você está fazendo um tratamento para câncer ou recebeu um transplante de órgãos e está tomando medicamento para suprimir o seu sistema imunológico). Para mais informações sobre quem é considerado como tendo um sistema imunológico de moderadamente a gravemente comprometido, veja a página do CDC ou converse com um provedor de cuidados de saúde.

Em geral, pessoas com sistemas imunológicos de moderadamente a gravemente comprometidos, que tenham tomado vacinas da Pfizer ou da Moderna para a série primária, devem tomar uma terceira dose da vacina de mRNA 28 dias após a segunda dose. Devem também tomar uma dose de reforço, no mínimo, três meses após a terceira dose (quatro doses no total).

Em geral, pessoas com sistemas imunológicos de moderadamente a gravemente comprometidos, que tenham tomado a vacina da Johnson & Johnson para a série primária, devem tomar uma segunda dose de uma vacina de mRNA 28 dias após a primeira dose. Devem também tomar uma dose de reforço, no mínimo, dois meses após a segunda dose (três doses no total).

Pessoas com 12 anos ou mais que tenham sistemas imunitários moderada a severamente comprometidos, podem escolher receber uma segunda dose de reforço da vacina mRNA, pelo menos, quatro meses após a primeira dose de reforço. 

Onde posso receber a minha dose de reforço?

Pode pesquisar as consultas por tipo de vacina em numa das opções listadas em C19VaccineRI.org.

Se não puder sair de casa, pode solicitar serviços para doses de reforço em casa. Para mais informações, visite o link: https://covid.ri.gov/vaccination#athome

O CDC recomenda, à maioria das pessoas, uma dose de reforço após receberem a série primária. Continuaremos a adquirir mais conhecimento sobre este vírus e as respetivas variantes, e o quão bem as vacinas funcionam contra o vírus, por isso esta recomendação pode mudar. Sabemos que a proteção dada pelo vacina diminui com o tempo. As doses de reforço funcionam bem para proteger as pessoas de doença grave, hospitalização e morte por COVID-19.

Algumas pessoas devem receber duas doses de reforço. Pessoas com 50 anos ou mais e pessoas com 12 anos ou mais que tenham sistemas imunitários comprometidos de forma moderada a grave, devem receber uma segunda dose de reforço pelo menos quatro meses após a primeira.

As pessoas com 18 anos ou mais que obtiveram a Johnson & Johnson para a sua primeira dose de reforço da vacina contra a COVID-19 e Johnson & Johnson para a sua primeira dose de reforço podem optar por obter uma segunda dose de reforço da vacina de mRNA contra a COVID-19 (Pfizer ou Moderna), pelo menos quatro meses após a primeira dose de reforço.

Se tiver alguma dúvida sobre se uma segunda dose de reforço é adequada para si, fale com um prestador de cuidados de saúde. 

Em geral, as pessoas devem tomar a mesma vacina que tomaram na série primária. Se tiver dúvidas sobre que dose de reforço é certa para você, converse com um provedor de cuidados de saúde. 

Na maioria das situações, as vacinas de mRNA contra a COVID-19 (Pfizer e Moderna) são preferidas, em vez da vacina da Johnson & Johnson (J&J) contra a COVID-19, por causa do risco de eventos adversos graves, após a vacinação com a J&J. 

As pessoas ainda podem tomar a J&J, se tiverem alergia a um ingrediente em uma vacina de mRNA. As pessoas também podem tomar a J&J, se a opção for tomarem a J&J ou não serem vacinadas contra a COVID-19. Os benefícios de tomar a vacina da J&J superam os riscos de se permanecer sem vacina contra a COVID-19. Tomar uma dose de reforço de qualquer vacina contra a COVID-19 atualmente autorizada ou aprovada nos EUA aumentará a sua proteção contra a COVID-19 e suas variantes. 

As vacinas da Moderna e da J&J contra a COVID-19 estão autorizadas para uso por pessoas com idade igual ou superior a 18 anos. Isso significa que pessoas com idade entre 5 e 17 anos devem optar pelo reforço da vacina da Pfizer contra a COVID-19. Somente a vacina da Pfizer contra a COVID-19 está autorizada para uso por pessoas com menos de 18 anos de idade. 

Somente as vacinas de mRNA (Pfizer e Moderna) contra a COVID-19 estão autorizadas para uso como segundas doses de reforço. Pessoas elegíveis que optarem por tomar uma segunda dose do reforço devem escolher entre Pfizer e Moderna. 

Vacina contra a COVID-19 da Pfizer-BioNTech: 

Vacina contra a COVID-19 da Moderna: 

Vacina contra a COVID-19 da Johnson & Johnson: 

As vacinas contra a COVID-19 estão funcionando bem para evitar doença, hospitalização e morte, mesmo contra as variantes emergentes. No entanto, os cientistas e pesquisadores aprenderam que a proteção das vacinas contra a COVID-19 pode diminuir no decorrer do tempo, especialmente em pessoas com idade igual ou superior a 65 anos. Tomar uma dose de reforço da vacina contra a COVID-19 ajuda a aumentar a sua proteção contra a COVID-19 e suas variantes. Isso é normal; existem diversas vacinas que precisam de doses de reforço.

Não. Por vezes, pessoas com sistemas imunitários enfraquecidos não desenvolvem proteção suficiente quando são vacinadas inicialmente. Quando isso acontece, uma dose adicional pode ajudar essas pessoas a obterem a mesma proteção obtida por pessoas com sistemas imunitários saudáveis. O CDC recomenda que pessoas com sistemas imunitários moderada a severamente enfraquecidos recebam uma dose adicional da vacina da Pfizer-BioNTech ou da Moderna contra a COVID-19, pelo menos, 28 dias após terem recebido a segunda dose da vacina contra a COVID-19. 

Uma dose de reforço é uma dose de uma vacina dada a alguém que tenha desenvolvido proteção após a vacinação, mas essa proteção está a diminuir com o tempo. Existem muitas vacinas que requerem doses de reforço. 

Para mais informações sobre vacinas contra a COVID-19, veja as nossas Perguntas frequentes sobre as vacinas.

  1. Carteira de vacinação em papel: Ao ser vacinado, você receberá uma carteira de vacinação que lhe informa qual vacina contra a COVID-19 você tomou e a data e o local da sua vacinação. Você pode usar essa carteira como um registro da sua vacinação.
  2. Carteira SMART Health Card através do 401Health App: Os residentes de Rhode Island também podem obter uma cópia digital da sua carteira de vacinação com um código QR na mesma. Ao viajar para outros estados e países, ou ir a empresas ou eventos que requeiram comprovante de vacinação, você pode mostrar o seu registro com o seu código QR. O código QR pode ser escaneado e provará que o seu registro é autêntico. Para obter esse registro digital, baixe o aplicativo 401Health app. No aplicativo, selecione “My COVID-19 Vaccine Record” (Meu registro de vacinação contra a COVID-19). A seguir, selecione “Add a COVID-19 Vaccination Record” (Acrescentar um registro de vacinação contra a COVID-19). Siga as instruções para baixar o seu registro.
  3. Portal.ri.gov/VaccineRecord: Os residentes de Rhode Island também podem obter uma cópia do seu registro de vacinação contra a COVID-19 através de portal.ri.gov/VaccineRecord. A partir deste site, você pode buscar e imprimir o comprovante da sua vacinação contra a COVID-19. Note que somente pessoas que tenham tomado suas vacinas contra a COVID-19 em Rhode Island serão capazes de buscar seus registros de vacinação online. 

Se está com dificuldades em encontrar o seu boletim de vacinação ou não lhe é possível aceder online, pode ligar para os números 401-222-8022 ou 844-930-1779 para obter ajuda. Pode também contactar o seu médico de cuidados primários para verificar o seu boletim de vacinação.

Se precisar de corrigir alguma coisa no seu boletim de vacinação, preencha e submeta o Formulário de Pedido de Correção de Registo de Vacinação RICAIR COVID-19.